Os Benefícios do Mel de Abelha

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter

Os Benefícios do Mel de Abelha 

O Mel além de ser utilizado como adoçante natural, o mel também pode ser usado para fortalecer o sistema imunológico, melhorar a capacidade digestiva e até aliviar a prisão de ventre. Além disso, o mel é considerado anti-séptico, antioxidante, anti-reumático, diurético, digestivo, expectorante e calmante.

No entanto, o mel pode engordar porque é doce e tem quase as mesmas calorias do açúcar branco. Uma colher de sopa de açúcar tem cerca de 60 calorias.

Apesar disso, ele é o único alimento naturalmente doce que contém proteínas e sais minerais, que são importantes para saúde.

Abaixo os benefícios:

1- Combater a prisão de ventre, pois ajuda o intestino a se movimentar;

2- Combater má-digestão e úlceras gástricas, porque tem enzimas que facilitam a digestão;

3- Aliviar bronquite, asma e dor de garganta, pelas suas características antibióticas e anti-sépticas​;

4- Mel com própolis: alivia sintomas de faringite, amigdalite, gripe e resfriado. O própolis funciona como antibacteriano, antifúngico, antiviral, estimulador do sistema imunológico, cicatrizante e regenerador de tecidos;

5- Mel com canela: combate a má-digestão, que pode ocorrer após uma refeição rica em gorduras. Uma boa dica é fazer um chá e adicionar um colher de chá de mel com canela para facilitar a digestão.

6- Mel com limão: previne o aparecimento de gripes e resfriados, pois o limão tem vitamina C que fortalece o sistema imunológico.

Assim, o mel deve ser consumido em pequenas quantidades e deve ser evitado em casos de diabetes. Conheça também o xarope de agave, um tipo de mel natural que engorda menos que o açúcar.

Benefícios do mel para pele:

Os benefícios do mel para a pele são tornar a pele mais macia, uniforme e sem manchas. Para ter esses benefícios é importante passar o mel cristalizado duas vezes por semana na pele, massagear bem e deixar por 10 minutos, para depois lavar com água morna.

Contra indicações do mel:

O mel é um alimento contra-indicado em algumas situações veja abaixo:

Crianças menores de 1 ano de idade: Até primeiro ano de idade como o sistema digestivo da criança pode não estar completamente desenvolvido e maduro não se defendendo assim de forma eficiente de corpos estranhos. Existe até o primeiro ano de vida e a possibilidade de intoxicações graves com uma bactéria encontrada comumente no mel chamada Clostridium Boltulino.
Diabéticos: Os diabéticos devem evitar o mel, pois possui muito açúcar simples que eleva rapidamente a glicemia do sangue. O açúcar do mel é um dos tipos de carboidrato que o diabético deve evitar.
Alérgicos: Pessoas sensíveis com tendência a alergias podem desenvolver reações alérgicas manifestando mal estar gástrico e até dor de estômago, devido aos grãos de pólen presentes no mel.

Apesar destas contra-indicações ao uso do mel, e graças ao seu potencial terapêutico, o mel deve estar nas prateleiras dos alimentos e não no armário dos medicamentos e consumido com frequência desde que não exista contra-indicação.
Procure orientação médica e nutricionista.

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE