Como Nasceu o Halloween no Mundo

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter

Você Sabe Como Nasceu o Halloween no Mundo?

O Halloween, é um evento tradicional e cultural, que ocorre basicamente em países de língua inglesa, tendo como base e origem as celebrações dos antigos povos desses países.

O primeiro registro do Halloween é da época de 1745, derivou da contração do termo escocês “allhallow-eve” (Véspera do Dia de Todos os Santos) que era a noite das bruxas. Posto que, entre o pôr do sol do dia 31 de outubro e 01 de novembro, ocorria a noite sagrada (Hallow Evening, em inglês), acredita-se que assim deu origem ao nome atual da festa: Hallow Evening Hallowe’en Halloween.

Essa designação se perpetuou e a comemoração do Halloween, levada até os Estados Unidos pelos emigrantes irlandeses no século XIX, ficou assim conhecida como “Dia das Bruxas”, uma lenda histórica.

Se analisarmos o modo como o Halloween é celebrado hoje, veremos que pouco tem a ver com as suas origens. Só restou uma alusão aos mortos, mas com um caráter completamente distinto do que tinha no começo. Além disso foi sendo pouco a pouco incorporada toda uma série de elementos estranhos tanto à festa de finados como à de todos os santos. Entre os elementos acrescidos, temos por exemplo o costume dos disfarces, mais conhecidos como fantasias.

No Brasil Dia das Bruxas: muitos brasileiros defendem que a data não faz parte da cultura brasileira e por isso deveria ser deixada de lado. O Brasil possui um rico folclore, e que muitas vezes não é valorizado, por isso, em 2005 o governo brasileiro criou o Dia do Saci, como forma de valorizar a cultura brasileira, tentando coibir a americanização. No Brasil, o Dia do Saci também é comemorado no dia 31 de outubro, supostamente para competir com o Dia das Bruxas.

No Dia do Saci, as escolas brasileiras retratam a cultura nacional, por meio de histórias, tradições, músicas, cantigas de roda, brincadeiras e poesias.

O Dia das Bruxas também é criticada pelos setores religiosos, em especial a cristã, informando que a origem pagã divulgada entre jovens e crianças não está de acordo com os princípios e valores cristãos, valorizando imagens negativas e contrárias a prática do bem.

No entanto, a data é muito valorizada em escolas de inglês, com atividades voltadas à cultura de países que costumam festejar a data. Outra prática comum entre os brasileiros é assistir a filmes de terror. Alguns canais de televisão preparam uma grade de programação especial com esse tipo de filme na semana do Halloween.

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE