Aeromodelismo: Brinquedo De Gente Grande

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter

Aeromodelismo: Brinquedo de Gente Grande

Com a queda dos preços dos eletrônicos e as diversas possibilidades e facilidades para importação de peças, o aeromodelismo tem crescido a cada ano no Brasil e com essa popularização é grande o número de clubes, festivais e até campeonatos pelo pais.
O órgão central responsável pela administração de aeromodelismo é o COBRA (Confederação Brasileira de Aeromodelismo).

História Do Aeromodelismo: A História do aeromodelismo começou com Alphonse Penaud. Nascido na França, Penaud queria seguir carreira militar, mas foi atacado por reumatismo muscular e então obrigado a usar muletas começou então a estudar e resolver problemas relacionados a voos.
Em abril de 1870 ele inventa o motor elétrico com tiras retorcidas, que utilizava tiras elásticas para girar uma hélice e movimentar o aparelho. No inicio de 1871, Penaud construiu o primeiro modelo a elástico de uma série que denominou Planophore. Possuía uma hélice propulsora simples montada após “os estabilizadores automáticos” (como ele chamava a engrenagem). Este modelo voava muito bem e estabeleceu o desenho básico dos modelos atuais. Lembrando que isso foi antes da invenção do avião.
Penaud foi aclamado ao demonstrar o voo do seu Planophoreem agosto de 1871, em Paris nos Jardins Tuíleries para os membros da Sociedade Francesa de Navegação Aérea. Voou 60 metros de distância a 20 metros de altura em 13 segundos, sendo então o primeiro aeroplano que efetuou um voo livre estável. Os membros da Sociedade Francesa de Navegação Aérea afirmaram na época que Penaud foi o precursor das máquinas de voar.
O modelo, pronto para voar, pesava 16 gramas sendo que cinco gramas eram devido ao peso da borracha. Este modelo de Penaud o “planophore”, foi a primeira máquina mais pesada que o ar a voar com eficiência.

 

As Modalidades De Aeromodelos

VVC: Voo Circular Controlado, no qual o aeromodelo fica ligado ao aeromodelista por meio de cabos, que podem variar de 15 a 18 metros de comprimento. O aeromodelista faz então movimentos circulares e manobras através dos cabos.

VOO LIVRE: Nessa modalidade, o aeromodelo, depois de ser lançado, não sofre mais nenhuma interferência por parte do aeromodelista. Pode ser aeromodelo com motor, com elástico ou sem propulsão própria.

RADIO CONTROLADO: O aeromodelo é controlado por meio de um transmissor de radiofrequência, das quais podem ser FM, AM, PCM para sistemas de rádios mais antigos porém ainda muito utilizados e para os sistemas mais modernos são utilizados sistemas 2.4Ghz que são mais seguros não correndo o risco de interferência.

Embora modalidades clássicas como o voo livre e o voo circular controlado ainda sejam praticadas por alguns admiradores, a grande maioria utiliza o rádio controlado aonde os aeromodelos são controlados por controle remoto possibilitando uma grande gama de opções de aviões, equipamentos e manobras.

Deixe uma resposta

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE